A Mona está em todas!

Partilha!

Depois de umas horas enfiada na rede, antes de desfalecer, tive de parar a pesquisa fotográfica…

Vamos (por curtos momentos) falar de coisas sérias. Reza a História que, originalmente La Gioconda (em italiano), é um dos quadros mais famosos do mundo e a obra mais célebre de Leonardo da Vinci.

O artista é o criador de uma técnica chamada de sfumato (só isto, já explica muita coisa…). Isso porque o material usado é esfregado na tela, o que oferece um estilo esfumaçado (isto ainda explica mais!…).

Análises ao retrato (quando se fala de coisas sérias) não faltam. Diz que o olhar da Mona parece “perseguir” os admiradores. Diz que a Senhora parece estar a rir levemente, mas afinal, se olharmos para sua boca virada para baixo, parece que não.

Decidam-se, já que a moça não consegue. Alguns alimentos, pessoas e baixas temperaturas têm este efeito em mim. Consigo chegar perto daquela expressão quando como uma laranja azeda ou kiwis sem açúcar. Quando olho para a conta bancária depois do dia 20, também anda lá perto. 
O que será que fizeram à Lisa? A moça estaria a sofrer de amores ou prisão de ventre? Não me levem a mal mas, bem vistas as coisas, até não lhe fica mal de todo.

É certo que tem um ar amofinado, de quem comeu e não gostou. Mas, vá lá, todos temos direito a um momento a La Mona. Não concordam?

Para quando um livro O mundo de Mona??

COMMENTS

Leave a Comment